Saltar para o conteúdo

Independência da ADFER SIT

Abril 26, 2009

Ao longo da sua existência muitas formas de pressão foram  exercidas sobre a ADFER SIT para se tornar subserviente ao Poder e assim cultivar o elogio normal dos seus feitos. Ameaças, bloqueios, marginalizações, houve de tudo um pouco ao longo de mais de duas décadas.

Resistimos sempre!

As nossas conquistas para o sector resultaram dessa perseverança na defesa das soluções em que sucessivas Direcções acreditaram. A incomodidade e o medo não nos fizeram vacilar.

A opção poderia e poderá no futuro ser bem diferente. Há no País Associações congéneres que assumem de forma regular uma atitude situacionista face ao Poder, independentemente da coloração deste. Essas Associações e os seus Dirigentes são correntemente compensados pelas benesses do Poder, contrapartida natural pelos apoios dados às políticas adoptadas.

Sendo a ADFER SIT já um projecto maduro, consolidado e reconhecido, será legítimo questionarmo-nos sobre qual a melhor atitude e a melhor estratégia a seguir no futuro.

Gostaríamos de conhecer a sua opinião: Deveremos manter ou reforçar a independência e o inconformismo face ao Poder, qualquer que ele seja? Ou devemos seguir outro caminho de comprometimento e de colaboração com o Poder, qualquer que ele seja? Ou seguir outra via?

Participe neste debate. Para nós é muito importante.

A Direcção da ADFER SIT

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. Flávio permalink
    Maio 4, 2009 11:45 pm

    Independência ou morte foi o slogan que gerou o Brasil. O projecto da ADFER só será grande se continuar independente!

  2. Jorge permalink
    Maio 11, 2009 4:07 pm

    Nem só o confronto conduz a bons resultados. Muitas vezes a colaboração crítica, construtiva e inteligente faz mover montanhas. Corroendo o «edifício» por dentro pode-se desmoroná-lo ou criar condições para que, paulatinamente, a agulha seja feita no sentido correcto. Muitas vezes o chamado colaboracionismo dá excelentes resultados (também para o próprio!)e se houver paciência de chinês pode-se levar, com tempo, a água ao moínho. Para a persistente falta de cultura técnica, de gestão e estratégica dos governantes e dos gestores do sector dos transportes não será essa a melhor via? Como vencer a obstinação, a cegueira e o sectarismo da actual SET? Corroendo-a, claro!

  3. Alberta permalink
    Junho 7, 2009 11:09 pm

    Creio que a resposta da independência da Adfer não passará por manter uma posição a favor ou contra a coloração em vigor mas sim manter uma posição, sem qualquer influência partidária, baseada em factos, em soluções que levem Portugal a “bom porto”.
    Manter a orientação para o futuro dos transportes em Portugal e não para determinados lobbys financeiros.
    Portugal necessita de uma entidade que seja imparcial!

  4. Gaúcho permalink
    Junho 13, 2009 8:05 am

    Acreditar em independência no panorama político português é puro lirismo. E em fidelidades partidárias idem. Há muito que o colador de cartazes ou o activista de base das estruturas partidárias perdeu influência e direitos. Quem manda nos que exercem o Poder (e quem os escolhe) são os Motas e Engil, os BES e quejandos. É a eles que membros do Governo e gestores públicos devem obediência. São os seus interesses que eles servem. Que importa que as pontes, as vias férreas, as plataformas… estejam no sítio errado em função dos superiores interesses nacionais e que saiam mais caros aos contribuintes e que pior ainda sufoquem com impostos as futuras gerações? É preciso, na óptica do Poder, adjudicar depressa, para engordar depressa os «padrinhos». Corrupção? Comissões? Enriquecimento fácil? Financiamento partidário ilícito? Por quanto tempo mais o Povo continuará sereno e não escorraçará os abutres? Trilho estreito e difícil este da ADFERSIT!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: